quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

REDE ESTADUAL


Concursados 2014: SEEDUC está sonegando informações
sobre vagas em São Gonçalo!


A Metropolitana II de São Gonçalo está sonegando informações sobre as vagas 
disponíveis para os professores aprovados no concurso de 2014 da rede 
estadual. Com isso, os professores concursados não estão podendo exercer o
direito de escolher a escola em que ficarão lotados, já que a Metro II só dá 
a opção de vagas nas escolas de difícil acesso.
O SEPE e os professores têm informações de que há vagas em escolas em regiões 
diferentes daquelas que a Metro está disponibilizando. Segundo a própria Metro II, 
está determinação partiu da SEEDUC e foi enviada a todas as Metros. Para o sindicato, 
trata-se de uma ilegalidade, já que os professores, segundo a colocação em que 
foram aprovados, têm o direito de saber a totalidade das vagas disponíveis e, 
dessa forma, escolherem a lotação que lhe convier.
A direção do SEPE /SG está nesse momento acompanhando os professores e 
reivindica que o edital seja cumprido e que eles sejam lotados em seu local 
de direito, a partir de sua livre escolha.
Esta atitude da SEEDUC parece uma retaliação aos concursados e ao SEPE, 
já que o governo nunca quis convocar os aprovados do concurso 2014, 
que só foram convocados por força de uma ação do MP na Justiça, a
partir da provocação do SEPE e dos próprios concursados.
O SEPE pede aos concursados de outras regiões que, se estiverem passando 
por situação semelhante, denunciem a situação junto ao sindicato.
                       

Portaria com o quantitativo de alunos por turma na Rede Municipal









Deliberações da assembleia da Rede Municipal


Deliberações da assembleia da Rede Municipal de São Gonçalo, realizada no dia 06/02/18


  • Estado de greve, com redução de carga horária a partir do dia 19/02/18 até o dia 05/03/18;
  • Ato e panfletagem no dia 19/02/18, pelo Dia Nacional de Luta Contra a Reforma da Previdência, na Praça do Rodo, às 16 horas;
  • Protocolaço na Prefeitura, solicitando o enquadramento dos 3%,  a partir do dia 19/02/18 até o dia 06/03/18;
  • Paralisação de 24 horas no dia 06/03/18, com vigília a partir das 13:30 no MP, quando acontecerá uma nova audiência entre representantes do governo, representantes do Sepe e MP;
  • Assembleia dia 07/03/18, às 16 horas, no C.M.P. Castello Branco, com redução de carga horária nos três turnos.

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

REDE ESTADUAL


Veja as deliberações da assembleia da rede estadual do
dia 03/02/18.

Veja abaixo as deliberações tiradas na assembleia da rede estadual, realizada no dia 03 de fevereiro de 2018, no Clube Municipal, na Tijuca. Entre outras decisões, a categoria decidiu realizar uma paralisação de 24 horas no dia 19 de fevereiro, Dia Nacional de Lutas contra a Reforma da Previdência, com realização de um ato na ALERJ, às 14h, antes das atividades programadas pelas centrais sindicais no Centro do Rio. No dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, haverá outra paralisação de 24 horas, com assembleia geral, às 11h, em local a confirmar.

PROPOSTAS APROVADAS:
1- Retomar a Campanha lançamento de nota no sistema conexão. Essa campanha deverá incluir: boletim informativo, reunião com responsáveis, Comissão para produzir materiais organizada através dos núcleos e regionais com a participação da categoria, indicativo para núcleos e regionais de corrida de escolas, divulgando e esclarecendo a Campanha, divulgar a campanha nos meios de comunicação, esclarecer junto às direções a campanha de não lançamento de nota no Conexão.
2- Os professores que estão como excedentes, deverão continuar nas escolas até final da matrícula de balcão, com o acompanhamento do Sepe 
3-Lançamento de Campanha Salarial, através do levantamento do Estudo de perdas, confeccionado pelo DIEESE e apresentado e aprovado na assembleia. A campanha salarial também deverá exigir o pagamento do piso nacional a partir do nível I do Plano de Carreira. No caso dos funcionários administrativos, exigir a atualização do vencimento que está abaixo do salário mínimo.
4-A direção do Sepe deverá indicar para núcleos e regionais a importância de realização de assembleias locais, antes da Assembleia Geral da rede estadual.
5-Os profissionais de Educação que não receberam a devolução dos dezessete dias de greve do ano de 2016, deverão comparecer às Metros, munidos dos seguintes documentos: contracheque dos dias descontados, contracheque de mês de novembro, contracheque do mês de dezembro. Se a situação não for resolvida e os valores devolvidos, esses profissionais deverão procurar as direções dos núcleos, regionais e SEPE/RJ
6- A direção do SEPE/RJ deverá providenciar para a próxima Assembleia, um espaço de acolhimento para bebês e crianças, com o seguinte material: dois colchonetes, tapete emborrachado, cercado para limitar o espaço e água.
7- A direção do SEPE/RJ deverá cobrar junto a SEEDUC que a língua estrangeira optativa e Artes devem ter o mesmo tratamento de Educação religiosa, que também só tem um tempo, mas tem a matrícula fidelizada em uma escola, o que é muito importante e precisa ser estendido para essas disciplinas.
8- Buscar que a escolha de turmas, seja feita levando em conta a reserva de 1/3 de planejamento.
9- Retomada dos GTs de Artes e Espanhol. Reafirmar a reivindicação dos professores de Artes, de formação de oficinas de Artes e Cinema, em 2018 para preencher os horários livres dos professores.
10 - Retorno do Ensino de Artes nos três anos do Ensino Médio com dois tempos
11- Campanha protagonizada pelo SEPE/RJ contra a Reforma da Previdência, com panfletos,
cartazes etc
12- Política de Organização de Comitês locais, em defesa das escolas – com apoio político e
logístico do SEPE/RJ
CALENDÁRIO DE LUTAS
19/2 - Paralisação da Rede Estadual no DIA NACIONAL DE LUTA CONTRA A REFORMA. Nesse dia a rede fará ato às 14 horas na porta da ALERJ antes do Ato Geral. Foi reafirmado que a rede estadual deverá parar no dia da votação da Reforma da Previdência
3/3- Plenária de diretores eleitos no SEPE/RJ às 10 horas e Plenária com Conselheiros escolares às14h
6/3-Reunião da Comissão para tratar da campanha relativa ao Sistema Conexão com a Secretaria tos de Assuntos Educacionais do SEPE/RJ e os diretores que puderem comparecer
7/3- Conselho deliberativo da rede estadual às 18h
8/3- Paralisação integral (greve de 24 horas) no Dia Internacional de Luta das Mulheres, com o seguinte eixo” Basta de violência contra as Mulheres e retirada de direitos! Pela vida das mulheres, por emprego, creche e contra a Reforma da Previdência”
8/3- Assembleia Geral da rede Estadual – 11 horas - local a confirmar

FONTE: SEPE/RJ

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

REDES ESTADUAL E MUNICIPAL

ATENÇÃO CATEGORIA!

O Congresso Nacional, prepara mais um duro golpe contra o povo trabalhador, ameaçando votar a reforma da Previdência ainda no mês de fevereiro.
Dia 19 de fevereiro, está sendo convocado como Dia Nacional de Luta, vamos discutir nossa participação no movimento.

    VAMOS RESISTIR E LUTAR!                                    JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!

                                       

ATENÇÃO CATEGORIA!


REDE MUNCIPAL



SEPE acompanha representantes (pais e funcionários) da UMEI Pastor Saulo Luíz em audiência no MP, no dia 01/02/2018.







quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

ASSEMBLEIA DA REDE ESTADUAL

Rede estadual: Assembleia do sábado teve que ser transferida para o Clube Municipal na Tijuca


O Sepe recebeu um comunicado hoje da direção do ISERJ (Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro), afirmando não ser possível a realização da assembleia geral da rede estadual, marcada para o sábado (dia 03/2) neste local. A direção do Sepe, logo que foi comunicada do problema, entrou em comunicação com o Clube Municipal e remarcou a plenária para o Clube Municipal, no mesmo dia e horário. Assim, a assembleia geral da rede estadual, no sábado (dia 03/2) será realizada no Clube Municipal, na Rua Haddock Lobo 359 - Tijuca - próximo à Estação  Afonso Pena do Metrô). O horário também está confirmado para início da plenária: 11h.


REDE MUNICIPAL


REDE ESTADUAL

LEVANTAMENTO DE ESCOLAS QUE PERDERAM TURMAS EM SG, RIO BONITO, ITABORAÍ E TANGUÁ

CIEP 252 Tanguá - 4 turmas;
C.E. Antonio Francisco Leal- 3 turmas;
CIEP 308 Itaboraí -4 turmas;
CIEP 412 SG -5 turmas;
CIEP 439 - 7 turmas;
C.E. Hilka de Araújo Peçanha  (Itaboraí) - turno da tarde e 1 turma da manhã não permitindo abrir ensino médio no turno da tarde que foi fechado;
C.E. Dorval Ferreira da Cunha (S.G.)- 3 turmas;
Ciep 309 Zuzu Angel (SG)-1 turma;
C.E. Antonieta Palmeira- 3 turmas

Sabemos que outras escolas perderam turmas para 2018, estamos aguardando a confirmação com os números exatos para postarmos aqui.


Atenção rede estadual!

 Nota do SEPE sobre o dia 31 de janeiro

A direção do SEPE informa que a liminar que o sindicato deu entrada na Justiça, referente ao dia 31 de janeiro e relativa às férias da rede estadual, foi indeferida. Todas as medidas cabíveis estão sendo tomadas e maiores esclarecimentos serão dados na assembleia de 03 de fevereiro, no ISERJ (Rua Mariz e Barros 273 - Praça da Bandeira), às 11h, e pelas direções dos núcleos e regionais do sindicato. Por isso, é fundamental a presença de todos na assembleia de sábado. Precisamos organizar nossa luta e resistência contra todos os ataques do governo estadual.



REDE ESTADUAL


DIRETORES  PUBLICAM  MANIFESTO  CRITICANDO MUDANÇAS  NAS  MATRÍCULAS DA REDE  ESTADUAL.https://glo.bo/2nqmvAR

REDE ESTADUAL

 Sobre a realocação de professores excedentes:

A direção do SEPE/SG  esteve Metro (31/01/18) acompanhando professores de Física, Química e Matemática que sobraram nas escolas por causa da não abertura de turmas nos municípios de Itaboraí, Tanguá,  Rio bonito e São Gonçalo. Eram mais de 40. Fizermos pressão para que o processo fosse suspenso pois as matrículas não acabaram . Segundo a Metro 2 nenhum diretor é obrigado a devolver professores antes de terminar a matrícula no balcão que poderá abrir mais turmas. Afirmou que os professores não são obrigados a escolher novas escolas agora. Podem aguardar o processo de matrículas no balcão. A representante do RH garantiu que alocara  professores no máximo em 3 escolas conforme acordado em negociação da greve de 2016.  A DIREÇÃO DO SEPE /SG ALERTA OS COLEGAS PARA QUE NÃO SE PRECIPITEM . HAVERÁ ASSEMBLEIA NO DIA 3 DE FEVEREIRO ÀS 11h NO ISERJ . VAMOS DISCUTIR A LUTA PRA REVERTER O FECHAMENTO DE TURMAS E DIMINUIÇÃO DE MATRÍCULAS  NA REDE ESTADUAL.