terça-feira, 28 de junho de 2016

sexta-feira, 24 de junho de 2016

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Ato da rede municipal: O arraiá é nosso e a quadrilha é deles.

Hoje os profissionais da rede municipal de educação de São Gonçalo deram um show de criatividade no Arraiá é nosso e a quadrilha é deles", reivindicaram os seus direitos de forma criativa, mostrando mais uma vez para a população gonçalense que estão consciente de todos os atos do governo municipal e em um das etapas do evento foi a representação das reinaugurações que acontecem com frequência no período pré eleitoral.   


Rede municipal: próxima assembleia 01/07


Rede estadual

terça-feira, 21 de junho de 2016

Rede estadual: Informes


Informes do Piquete Realizado Hoje na Metropolitana II


Hoje, dia 20/06, segunda-feira, às 6:30 da manhã, foi realizado um piquete na Coordenadoria Regional Metropolitana II, no Paraíso/São Gonçalo. Iniciamos dialogando com a comunidade escolar, estudantes, pais e trabalhadores da educação alertando-os sobre a crise financeira que o estado do Rio de Janeiro está atravessando. Relatamos o sucateamento da educação no estado, principalmente em São Gonçalo, e, sobretudo o caso emblemático do C.E. João Tarcísio Bueno, que se encontra interditado devido o extremo abandono, e das escolas no entorno.
 
Na medida em que fazíamos nossas intervenções, a comunidade escolar nos apoiava solidariamente, concordando conosco diante da constatação da realidade vivenciada por eles no cotidiano escolar: carência de funcionários, porteiros, professores, estrutura precárias das escolas, falta de condições de trabalho etc.
 
Concretizamos o que foi deliberado na última Assembleia Local: a realização de um Piquete no portão da Coordenadoria Regional, no sentido de sensibilizarmos os trabalhadores das escolas sediadas naquele espaço, assim como, de chamar a atenção da Metro II acerca da necessidade de pararmos o funcionamento dessas escolas e da Coordenadoria, denunciando para sociedade o descaso com educação pública por parte do Governo Pezão/Dornelles.
 
Seguimos com o Piquete, porém, a partir das 8h, com a maior parte da comunidade escolar, dos trabalhadores da Metro e dos estudantes presentes no portão e tendo acesso ao microfone para denunciar a situação do Tarcísio Bueno e do CIEP 237, a polícia foi chamada para impedir a continuidade do nosso ato, inclusive com presença das diretoras da Metropolitana no portão, Ana Paula e Maria Carolina. Nesse momento, a polícia chegou nos intimidando com armas de grosso calibre em mãos e querendo nos retirar da frente do portão e acabar com nossa atividade. Colocamos para eles que estávamos exercendo a democracia e nossos direitos e que não recuaríamos do nosso objetivo.
 
Após momentos muito tensos com a polícia, conseguimos impedir que o aparelho repressor policial cerceasse a continuidade das nossas falas e do trancaço no portão. Garantimos a liberdade para que as diretoras da Metro II explicassem no microfone o problema do Tarcísio Bueno e da informação feita pelo ex-secretário Antônio Neto de que 50% das escolas mais precarizadas da Rede Estadual se encontram em São Gonçalo*. No entanto, a Metro II não quis se pronunciar.
 
A essa altura da atividade já tínhamos paralisado a Coordenadoria e as duas escolas (Tarcísio Bueno e CIEP 237 - Vladimir Herzog), quando fomos surpreendidos com disparos de arma de fogo no entorno, o que iniciou uma correria e a apreensão de todos os presentes. Depois desse ocorrido e por uma questão de segurança decidimos encerrar o ato.
Avaliamos que a atividade foi extremamente importante, pois conseguimos chamar a atenção da comunidade escolar e demos mais visibilidade à greve.
 
 
Na primeira audiência da greve, no mês de março, o ex-secretário Antônio Neto informou que 50% das escolas mais precarizadas do estado estão em São Gonçalo. 

segunda-feira, 20 de junho de 2016

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Debate

Data: 21/06, às 16 horas.                                Local: Sede do Sepe-SG

Rede Estadual: assembleia geral




ASSEMBLEIA LOCAL: 20/06, ÀS 16 HORAS NO C.M.CASTELLO BRANCO

                       O ônibus para o Rio, sairá as 8:30 do Pandiá e às 9 horas do Nilo Peçanha
 Atenção: Muito importante que os profissionais da Educação, liguem para o SEPE para garantir um lugar no ônibus.   Telefones do Sepe: 26042429/37131055

Rede Estadual: Assembleia local

A assembleia local será no dia 20/06 às 16 horas, no CMP Castello Branco.

NOTA DE FALECIMENTO

Com pesar que comunicamos o falecimento da companheira MÔNICA MORENO. Mônica sempre esteve presente nas lutas por uma educação de qualidade na cidade de São Gonçalo. Deixará um legado de exemplo a ser seguido, não só na sua unidade escolar, E.M. Belarmino Siqueira, mas em toda a rede municipal de São Gonçalo. O sepultamento será no dia 18/06/2016 no cemitério São Miguel, às 12 horas. Descanse em Paz, companheira!

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Informes: funcionamento depto jurídico Sepe-SG

A Direção Colegiada do Sepe-SG, informa aos seus filiados e demais profissionais da educação de SG, que devido o período de provas da estagiária do departamento jurídico e obedecendo o estatuto de contrato do estagiário, o seu horário de atendimento ficou da seguinte forma:

Dispensa:
Dias 08, 09, 10 e 13/06( onde deveria cumprir 2 horas cada dia) no total de 8 horas.

Compensação:
Dias: 14/06:    4 horas   e 21/06 - 4 horas

Informamos também a necessidade de agendamento de horário de atendimento com a estagiária, pois a mesma desempenha função externa: diligência em forum de SG e Rio.

Nosso telefone de contato: 21-2604 2429/3713 1055

Agradecemos,
Direção Colegiada Sepe-SG 
   



BOLETIM REDE MUNICIPAL



Rede municipal: Paralisação de 24 horas dia 17/06 com ato e assembleia neste dia às 14 horas no Castello Branco


Rede estadual


Rede municipal: Próxima Assembleia dia 17/06 neste dia paralisação de 24 horas

Na assembleia do dia 08/06, ficou aprovado Paralisação de 24 horas no dia 17/06(sexta), com Ato na porta da prefeitura( horário a confirmar) e assembleia às 17 horas no C.M.PCastello Branco e nos dias 13,14,15 e 16/06, redução de carga horária.     

Participe!
Sepe São Gonçalo 

Rede estadual: Assembleia local, 14/06(terça), às 17h, no Castello e Assembleia geral: 16/06



Assembleia local: 14/06(terça), às 17 horas no C.M.P.Castello Branco

Ônibus saindo do Pandiá e Nilo Peçanha no dia 16/06 para assembleia geral, ligue para o Sepe para colocar o seu nome na lista do ônibus.

Rede estadual: Informes

GOVERNO DO ESTADO RECEBEU SEPE EM AUDIÊNCIA NESTA TERÇA-FEIRA


Os coordenadores gerais do Sepe e um integrante do comando de greve foram recebidos pelo governo do estado no Palácio Guanabara nesta terça-feira, dia 07/06, para discutir cinco pontos específicos da pauta de reivindicações da categoria, como fora acordada na última audiência realizada dia 02/06, arrancada pela categoria após um ato em frente ao palácio.

O governo foi representado pelo secretário de Educação, Wagner Victer, Afonso Monerat, secretário de Governo, e pelo líder do governo na Alerj, deputado estadual Edson Albertassi.

Eis o que foi respondido pelo governo, oficialmente, sobre os cinco pontos de pauta:

1) Reajuste salarial: não há perspectiva de reajuste;

2) Calendário unificado de pagamento: o governo mantém o pagamento até o 10º útil – segundo o governo, ainda não está descartado o risco de parcelamento;

3) 30 horas para funcionários: o PL está na Alerj, mas a sua aprovação está condicionada ao fim da greve;

4) Pagamento do enquadramento por formação: o governo mantém o calendário já apresentado, mas também condiciona sua implementação ao fim da greve;

5) 1/3 de atividades extraclasse: apresentou o seguinte calendário de implementação:

- 2017: DOC II – 22 e 40h;

- 2018: DOC I – 40h;

- 2019: DOC I – 16h.

6) Por fim, em um ponto extra, o Sepe cobrou a posição do governo relativa aos professores ainda não enquadrados em “uma matrícula, uma escola”: o governo informou que esses professores serão chamados após a greve.